sexta-feira, 11 de abril de 2014

Má que pocavergonha!

Ontem a Rafa me mandou uma campanha gringa muito legal. Chama-se "if I could, I would" que em inglês significa mais ou menos "se eu pudesse, eu faria". Trata-se de um movimento que incentiva os homens a darem todo apoio a suas parceiras no período de amamentação. Serviu muito bem pra colocar aqui no nosso blog, que além de divertir as pessoas com minhas trapalhadas de pai, tenta plantar em todos uma consciência de que pais e maridos podem ser mais participativos.

Algumas imagens da campanha:






A coisa começou porque por incrível que pareça tem vários lugares que reprimem as mulheres por darem de mamar na frente dos outros. Que coisa né? A campanha é de fora mas aqui no nosso país, esse mesmo da peladeira na TV, o pessoal é todo encanado com uma mulher com o seio parcialmente a mostra pra alimentar seu filho.

Eu entendo perfeitamente a mãe que fica constrangida de dar de mamar em público. O que eu não consigo entender é quem olha torto pra isso. Já ouvi histórias muito cabeludas de mães que tiveram que se retirar de onde estavam amamentando por atentar contra o pudor (?). Algumas viraram notícia:

Expulsa de ônibus
Chamada de vagabunda
Expulsa de lanchonete
Expulsa de igreja

Agora porque a mulher tá mostrando o peito isso é uma pocavergonha? Ah... pelo amor de deus.

Então amamentar é feio, mas avaliar todas as bundas do escritório durante o café é bonito?

Então amamentar é feio, mas ler a Nova com técnicas secretas de dar pra 5 ao mesmo tempo é super legal?

"Ah, mas é chato uma mulher amamentando ali na presença do meu marido."

Minha amiga... se tiver um cara maior de 12 anos que olha pra uma mulher amamentando querendo descolar um ângulo erótico ele precisa de tratamento urgente. Talvez vc tb precise. Bom dar um jeito nessa insegurança aí, né não?

O ponto é que precisamos parar com essa besteira de fazer a relação seios => sexo => sujo.
Larguem de ser caretas e deixem os bebês se alimentarem onde bem precisarem. Enfie na cabeça que fome de criança está acima de todos os seus preconceitos e muito além de toda essa sujeira que tem na sua cabeça.

A campanha acima (http://projectbreastfeeding.com/) é muito bonita e bem organizada. Tem muitos vídeos que falam muito melhor que eu sobre o assunto, mas infelizmente não encontrei nenhum legendado. Por hora, só em inglês.

No final das contas, acho que não sobrou muito da pessoa-bicho-mamífero que éramos ha milhares de anos. Perdemos pelos, passamos a andar eretos e ficamos mais habilidosos. Mas o basico da vida continua lá: mamar no peito da sua mãe. Primitivo e perfeito, o ato tem cada vez mais incentivo e benefícios comprovados. Por isso se vc acha feio ou despudorado uma mulher amamentando, é você que tem um problema, não ela.

Pense que sempre aquela mãe ali "com a teta de fora" jamais precisaria ter de se preocupar em cobrir/esconder o que está fazendo. Assimile que ela já está na verdade bem coberta. Coberta de razão.



16 comentários:

  1. Adorei!!!! Vou compartilhar na minha pagina no facebook, posso?

    Obrigada

    Janis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vontade, é um prazer. Quanto mais gente vindo aqui, melhor :-)

      Excluir
  2. NOSSA adoreiiii esta peerfeito seu ponto de vista sobre amamentacao em publico tb penso da mesma forma q vc, esses dias Minha bebe estava com fome e estavamos no supermercado mais eu com medo da reprovacao dos outros tive q largar as compras e ir pro carro para aliment a*la :( Brasil esta cada vez pior uma mulher alimentando seu bebe em publico e feio ja no carnaval os comercias de mulheres pintadas nuas e lindo :( aff
    indignada!

    Vc como sempre escrevendo Muito bem em seus post's!
    Parabens!!!!

    Bjusss carol!

    ResponderExcluir
  3. To repassando no grupo de amamentação do Facebook! Adorei! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 'Brigado. Da ultima vez que vc fez isso o negócio foi longe hein :)

      Excluir
  4. Parabéns vc foi muito bem em seu comentário.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. De novo, você é um gênio. Fala o óbvio, mas esse país precisa de gente que fale o óbvio da maneira inteligente como você fala.

    E para as mães que querem amamentar em público, meu conselho (que já coloquei em prática algumas vezes): amamente, a hora que for, seja onde for, com quem for. E se alguém olhar torto, levante o celular com a câmera apontada para o sem-noção, olhe bem nos olhos do infeliz e pergunte: "Você sabe o que é um mamaço? É algo que vai acontecer bem aqui amanhã, caso você não dê meia volta e suma da minha vista".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Martha. Só acho que não é tão óbvio assim. A gente se acostuma ao assunto, pula de blog em blog e parece que todo mundo é informado das coisas. Só que não é. Há 1 ano eu por exemplo não sabia nem que existia uma maquininha pra extrair leite materno :-) Abraço!

      Excluir
  7. Nossa! To boba! Como não sou mãe, não imaginava que tinha pessoas tão idiotas. Quer dizer então que ver uma mãe amamentar é atentado ao pudor, mas na Sapucaì pode ter peitos e bundas à mostra a vontade e ainda serem mostradas na TV e todo mundo achando maravilhoso. E no big brother então! Quanto menos roupa melhor porque o ibope aumenta. Que mundo é esse gente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que todo mundo podia andar pelado se quisesse. Não sei que mania de ficar censurando a vida dos outros :-)

      Excluir
  8. Eu dou mamá aonde estiver. Nunca tive vergonha e tô nem aí para as "caras-feias" dos outros. :) E para mim, cara feia é fome - literalmente nesse caso.

    ResponderExcluir
  9. Adooooorei o blog... Parabéns!!! Vou mostrar pra várias pessoas que conheço... Super me identifiquei (e identifiquei meu namorido tbm rsrs)... Sucessoooo!!!

    ResponderExcluir
  10. Aaaah... vou copiar o link do seu blog num grupo q participo no face, tudo bem?? Gostei tanto que quero todos meus conhecidos acompanhando suas histórias e posts tbm rs... Bjo pra família aí, da família aqui...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro, pode compartilhar quanto quiser. Obrigado pela audiencia :-)

      Excluir